Consulta pública sobre Economia Circular

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública para recolher opiniões sobre as principais opções estratégicas com vista a desenvolver uma nova abordagem, mais ambiciosa, no domínio da economia circular, ajudando a economia europeia a tornar-se mais competitiva na utilização eficiente de recursos. Uma economia mais circular promove a competitividade e a inovação, e um elevado nível de proteção para os seres humanos e o meio ambiente, criando benefícios económicos, contribuindo assim para a criação de emprego e crescimento. Paralelamente, os consumidores têm acesso a produtos mais duradouros e inovadores o que lhes permite gastar menos dinheiro e melhorar sua qualidade de vida. Uma transição para uma economia circular bem sucedida exige uma ação em todas as fases da cadeia de valor: desde a extração e transporte de matérias-primas, materiais e design de produto, produção, distribuição e consumo de bens, sistemas de reparação, remanufatura e reutilização, à gestão de resíduos e reciclagem. No âmbito da estratégia da Comissão Europeia em alavancar a transição para uma economia circular, esta consulta centra-se em pontos relativos ao ciclo económico, designadamente, as fases de produção e consumo, e às condições que permitam um geral, por exemplo condições de inovação e investimento. O objetivo desta consulta pública é ajudar a Comissão a identificar e definir as principais barreiras para o desenvolvimento de uma economia mais circular e recolher pontos de vista sobre quais poderiam ser tomadas medidas a nível da UE para superar tais barreiras. As contribuições dos interessados serão tidas em conta na elaboração do novo plano de ação, a apresentar até ao final de 2015. A consulta pública está aberta a cidadãos, organizações e entidades públicas e irá decorrer até 20 de Agosto de 2015 . Assim, as partes interessadas em responder deverão aceder ao respetivo questionário no seguinte endereço https://ec.europa.eu/eusurvey/runner/circular-economy

 

Fonte: AEP

20/08/2015