Destaques
Carlos Santos: um nome com 70 anos de história

A Carlos Santos é uma empresa moderna, cujo sucesso assenta numa filosofia de rigor na gestão de toda a cadeia de valor, com um enfoque na produção de calçado de elevada qualidade que permite acréscimos de preço em mercados sofisticados com rendimento disponível”, palavras do presidente do COMPETE 2020, Rui Vinhas da Silva.

O presidente do COMPETE 2020 constatou, ainda, que “a empresa procurou sempre crescer de forma sustentada em mercados extremamente competitivos, assumindo um compromisso claro com níveis de exigência interna elevados no que concerne à qualidade dos seus produtos. Isto tem-lhe subjacente uma aposta clara na inovação e na sofisticação de processos.” Rui Vinhas da Silva conclui “a Carlos Santos consegue desta forma atrair consumidores em mercados altamente descriminantes.“

 

Breve historial da Zarco

A Zarco – Fábrica de Calçado, Lda. é uma empresa com Sede em S. João da Madeira fundada em 1942 cuja atividade principal é o fabrico de calçado, estando a empresa atualmente focada no fabrico das suas marcas próprias, dirigindo 90% da sua produção para exportação. Os mercados alvo são Alemanha, França, Holanda, Japão, Bélgica, Rússia, Estados Unidos e Médio Oriente. Conta com cerca de 106 trabalhadores, uma grande parte especializada no fabrico de sapatos que requerem um know-how mais detalhado e minucioso.

A empresa tem as suas Marcas Próprias, estando focalizada na marca Carlos Santos, uma marca cujo produto se distingue nos mercados pela inovação que consegue recriar dentro de um estilo sempre clássico-contemporâneo e pelo rigor na qualidade que exibe. A Zarco sustenta a sua estratégia no capital humano que a constitui com base numa relação sólida de confiança e de partilha. Esta estreita relação permite alcançar os objetivos propostos: criação e desenvolvimento de produtos de excelência direcionados a um segmento alto-luxo. A coleção Carlos Santos é dotada de um valor acrescentado devido ao seu tipo de fabrico – Goodyear-welted – qualidade e inovação subjacentes.

 

Iniciativa “ COMPETE 2020: ao lado de quem cria valor”

O Presidente do COMPETE 2020, Rui Vinhas da Silva, visitou, nos dias 21 e 22 de outubro de 2015, o cluster de calçado. No périplo pela “indústria mais sexy da Europa” (slogan da campanha de imagem em curso com o apoio do COMPETE 2020), visitou três empresas de referência - o grupo Kyaia (marcas Fly London e Foreva), Carlos Santos e Luís Onofre. A visita envolveu também o Centro Tecnológico do Calçado de Portugal, parceiro fundamental numa indústria que aposta fortemente na inovação e na transferência de tecnologia.

Os sapatos made in Portugal estão atualmente presentes em 152 países e as marcas portuguesas transformaram o sapato nacional no segundo mais caro do mundo.

Uma estratégia que os instrumentos de apoio do COMPETE 2020 querem alavancar e disseminar.

Rui Vinhas da Silva considera que o setor do calçado consubstancia nas suas empresas uma visão estratégica que assenta numa arquitetura de diferenciais competitivos sustentáveis, quer a montante na cadeia de valor através da excelência de processos e produtos dificilmente replicáveis, quer a jusante numa orientação clara de mercado e entendimento dinâmico de requisitos de consumidores sofisticados com origem em mercados de forte poder aquisitivo que demonstram apetência por ofertas de elevado valor agregado e pelas quais estão dispostos a pagar prémios de preço.

 

Links

Site

18/02/2016 , Por Cátia Silva Pinto
Portugal 2020
COMPETE 2020
Presidente do COMPETE 2020
FEEI
Rui Vinhas da Silva
COMPETE 2020: ao lado de quem cria valor
  • Links Relacionados
  • Site