Destaques
Estudo Económico de Desenvolvimento da Fileira da Castanha

Breve descrição da empresa/entidade promotora

O Fórum Florestal – Estrutura Federativa da Floresta Portuguesa, é uma entidade sem fins lucrativos que integra Organizações de Produtores Florestais (OPF’s), criada em Dezembro de 2008, numa lógica de cooperação da rede profissional e empreendedora de apoio aos proprietários florestais a nível Nacional.

O Fórum Florestal afirma-se no sector como “O Parceiro que a Floresta Precisa”, pelo papel pró-activo, agregador e interventivo, que procura desenvolver em parceria com as suas associadas. Procura a promoção e qualificação das funções Económica, Social e Ambiental do proprietário florestal privado, zelando pela melhoria e diversificação dos seus rendimentos, bem-estar das populações rurais e uso sustentável dos recursos naturais associados à Floresta.

É, hoje, ao abrigo da Portaria nº. 118 –A/2009 que acredita as Organizações de Produtores Florestais (OPF’s), a maior e mais representativa estrutura nacional representativa dos proprietários florestais

O Fórum florestal caracteriza-se por ser uma estrutura que consolida e integra Organizações de Produtores Florestais numa lógica de cooperação da rede profissional e empreendedora de apoio aos proprietários florestais; sendo o parceiro institucional privilegiado para a comunicação, demonstração, defesa e interesses da produção florestal junto do poder político, da investigação e do mercado. 

Tem por missão apostar no desenvolvimento de novos serviços e produtos da floresta, tendo sempre como referência a rede profissional de OPF’s. bem como introduzir no sector florestal uma estratégia inovadora e empreendedora com o objetivo de promover iniciativas e parcerias que induzam o aumento de competitividade da Floresta Nacional, tendo por base a produção florestal.

O Fórum Florestal representa 54 organizações de produtores florestais de norte a sul do país.

 

Enquadramento | O Castanheiro e a Castanha no Mundo

Existem diferentes espécies de castanheiro pelo Mundo. As espécies mais utilizadas são a Castanea sativa (europeia), a Castanea dentata (americana), a Castanea mollissima (chinesa) e a Castanea crenata (japonesa). Em Portugal a espécie mais utilizada Portugal é Castanea Sativa e as variedades mais produzidas são a Judia, Longal, Martaínha e Boa Ventura.

A produção de castanha tem vindo, nos últimos anos, a aumentar a nível mundial, assim como a área ocupada com castanheiros e a sua produtividade.

 

 

Descrição do Projeto

A fileira da castanha em virtude de diversos fatores encontrava-se pouco caraterizada sendo muito difícil conhecer de forma fidedigna o valor que esta fileira representava na economia nacional, assim este trabalho sistematiza a informação dispersa sobre este sector.

 

Apoio

O Estudo da Fileira da Castanha, promovido pelo Fórum Florestal, foi apoiado pelo COMPETE no âmbito do SIAC contanto com um Investimento elegível de 112 mil mil euros, correspondendo a um incentivo FEDER de 79 mil euros.

O Estudo da Fileira do Medronho, promovido pelo Fórum Florestal, foi apoiado pelo COMPETE no âmbito do SIAC contanto com um Investimento elegível de 112 mil euros, correspondendo a um incentivo FEDER de 78 mil euros.

 

Objetivos do projeto

Elaborar e caracterizar alguns indicadores económicos e apresentar um diagnóstico do estado do sector e naturalmente apontar caminhos/estratégias de sustentabilidade e alavancagem do sector.

 

Tarefas desenvolvidas no âmbito do projeto

Este projeto foi organizado da seguinte forma:

1. Diagnóstico: recolha de informações do sector (incluiu reunião com agentes económicos, associações universidades e especialistas)

2. Definição do modelo de negócio (análise dos dados e identificação e caracterização da atividade económica) 

3. Avaliação económico-financeira do projeto (Determinação dos indicadores económicos e interpretação dos mesmos com especialistas e agentes económicos

4.Definição do Plano de Implementação: percebendo os constrangimentos do sector, apresentou-se um conjunto de medidas de Acão que ajudem a melhorar a o desempenho desta  fileira em termos económicos e a aumentar a capacidade de resposta aos mercados

5. Definição do Plano de Comunicação e Marketing: Fundamental no modo de evolução dos mercados e transmitir informação de forma acessível,              

 

Outras informações de interesse

Com base nos resultados alcançados ficou pela primeira vez escrito e comprovado o valor que a fileira da castanha tem e a importância que representa na economia nacional, Mas ficou também patente que a sua capacidade de crescimento e melhoria é muito grande sendo por isso um sector em franco crescimento.

 

 Testemunho

«Segundo António Louro, Presidente do Fórum Florestal "este projeto só foi possível com o apoio do COMPETE, possibilitando o desenvolvimento de 1 documento de referência e que  acreditamos ter contribuído positivamente para o desenvolvimento de uma importante fileira florestal. A qualidade e pertinência deste trabalho tem vindo a ser continuamente reconhecido".

07/04/2016 , Por Célia Pinto