Entrevistámos Paulo Azevedo, Director-geral da Silvex

“Sempre a inventar uma vida mais fácil” é o posicionamento desta empresa portuguesa especializada em produtos de protecção e conservação em plástico, papel e alumínio que tem contado com os fundos da União Europeia e que visa, para 2019, “impulsionar o contributo para a economia circular e diminuição de impactos ambientais do plástico”.

 

1. Entrevista a Paulo Azevedo, Director-geral da Silvex

 

 1.1  Como surgiu a Silvex?

A Silvex surgiu em 1968, com o propósito de facilitar a vida aos seus clientes com a introdução máquinas de marcar preço e respetivas etiquetas de marcação. Rapidamente começou a vender cuvetes de papel prensado, filmes e máquinas de embalar para facilitar no embalamento e conservação alimentar. Atualmemte os produtos Silvex chegam aos 5 continentes: sacos para fazer cubos de gelo para Austrália, sacos para congelação para a Tunísia, Snack bags para o Brasil, filtros de chá para os Estados Unidos, película aderente biocompostavel para Nova Zelândia (...) e mais de 750 artigos exportados para os diversos países da União Europeia. 

Das etiquetas para marcar preços aos sacos biodegradáveis são 50 anos de constante mudança, mas a capacidade de inovação e o espírito inventivo da Silvex tem-se mantido ao longo da história da empresa.

 

1.2. Quais os principais desafios com que se depararam no desenvolvimento do projeto ?

O principal desafio foi sem duvida atingir os objectivos ambiciosos inicialmente propostos no projecto se tivermos em conta a crise económica nacional e internacional que entretanto enfrentamos, nomeadamente os que se referiam a determinados ratios financeiros que nos permitiram receber todos os prémios possíveis previstos em sede do QREN .  

 

1.3.     O que consideram ser crítico para o sucesso da vossa estratégia?

Para o sucesso da nossa estratégia é fundamental darmos continuidade ao posicionamento da Silvex “Sempre a inventar uma vida mais fácil” através do lançamento de produtos inovadores no mercado que sejam reconhecidos através de prémios de inovação, dos quais constitui o exemplo a nossa gama de sacos para gelo - Gelo Whisky, Palitos de Gelo, Gelo Automático e Gelo Picado - que foi premiada com o Grande Prémio de Marketing e Inovação 2008 na categoria de utilidades domésticas. Mais recentemente, em 2016, a nossa investigação em novos materiais, como por exemplo o Mulch biodegradável Agrobiofilm®, foi distinguida pelo Prémio Produto Inovação COTEC – ANI com uma Menção Honrosa. O Mulch biodegradável Agrobiofilm® é um material produzido a partir de fontes renováveis que pode substituir o plástico de origem fóssil, na cobertura dos solos agrícolas.

Desta forma é crucial continuarmos a investir no incremento da qualidade e do grau de inovação dos produtos fabricados através de um forte investimento em equipamentos e tecnologias inovadoras. 

 

1.4.     Quais são os vossos objetivos para 2019?

Impulsionar o contributo Silvex para a economia circular e diminuição de impactos ambientais do plástico, não apenas através do incremento da utilização dos bioplásticos como também através do aumento do consumo de plástico reciclado de forma a diminuir a reduzir o consumo de derivados do petróleo. 

 

1.5.     Qual o contributo dos Fundos da União Europeia para o percurso da vossa empresa?

A Silvex contou com os fundos da União Europeia no âmbito da sua estratégia de inovação e reforço da competitividade, apostando em vertentes como a inovação, a tecnologia de “ponta”, a qualidade, a produtividade, automatização e robotização de processos e procedimentos, a inovação e diversificação de produtos, a produtividade e eficiência produtiva e energética como instrumentos essenciais de reforço da atuação na empresa nos mercados internos e crescimento sustentado no mercado externo. 

 

2. Síntese do projeto "Nova Unidade Industrial para fabricação de produto inovador (Biodegradável)"

O presente projeto de investimento contempla uma forte componente de inovação no tecido empresarial português, nomeadamente pela construção de uma nova unidade industrial vocacionada principalmente para a fabricação de BioBag - sacos plásticos biodegradáveis. 

Este projeto apresenta um conjunto importante de inovações, das quais importa destacar desde já as principais: 

(1) o lançamento de um novo tipo de produto e conceito no mercado ibérico - o BioBag - produto com forte aceitação e procura no mercado internacional, e que se configura como um produto de elevado valor acrescentado e conteúdo diferenciador; 

(2) a implementação de um conjunto de equipamentos e tecnologias inovadoras no contexto Ibérico, incorporando um elevado conteúdo tecnológico, particularmente em termos de eficiência produtiva, produtividade, eficiência energética e impacto ambiental; 

(3) importante contributo para a diminuição de impactos ambientais, não apenas por via do lançamento no mercado deste novo produto, mas também pela implementação de inovadores equipamentos de reciclagem de plástico, que permitirão o aproveitamento integral dos desperdícios resultantes do processo produtivo da empresa e ainda a absorção de plástico oriundos/recolhidos do e no exterior, aspectos que contribuirão para a redução do consumo de derivados de petróleo; 

(4) o incremento da capacidade de I&D da empresa, na linha de continuidade e tradição da SILVEX no lançamento de novos e inovadores produtos no mercado, que lhe têm merecido diversos prémios de inovação.

 

Resultados | Ano Cruzeiro: 2014

Volume de Negócios: 28.293.713,91

Exportações: 9.480.344,85

N.º de Postos de Trabalho: 249

 

3. Apoio do COMPETE

O projeto contou com o apoio do COMPETE no âmbito do Sistema de Incentivos à Inovação, com um investimento elegível de 4 milhões de euros e um incentivo FEDER de 2 milhões de euros.

 

4. Links úteis

Website 

Facebook 

Linkedin 

Youtube

Prémios

 

 

14/11/2018 , Por Cátia Silva Pinto