Dinamização e projeção da Marca GLADZ nos mercados internacionais

 

Fernanda Oliveira é o rosto …

… da marca Gladz

Detém uma vasta experiência no setor do calçado e em 2014 decidiu arriscar e lançar a Gladz, uma marca própria de sapatos no segmento alto/luxo, orientado sobretudo para os mercados externos.

Em entrevista ao COMPETE 2020…

Fundada em 1994, a Fernanda Oliveira II S.A. está orientada para o fabrico e comercialização de calçado, tendo como principal objetivo a exportação. Para tal, é necessário acompanhar a evolução do mercado e antever o futuro, criando assim as últimas tendências da moda. Há que garantir excelentes níveis de satisfação aos clientes, de forma a elevarem, cada vez mais, a imagem de marca.

 

Na história da vossa empresa o que considera ser o fator que vos distingue?

 
A teimosia em resistir aos contratempos próprios da atividade e do mercado, a perseverança em fazer cada vez melhor, a seriedade e a postura correta que temos no mercado ao longo da nossa história.
 
 
Qualidade, Design e Moda são os pilares desta empresa de Oliveira de Azeméis que produz calçado para clientes “Private Label” e para a marca própria “GLADZ”. De forma a garantir produtos de qualidade e conforto com um design moderno, há um cuidado constante na escolha das matérias-primas, das técnicas de produção e no design dos produtos.
 
 
 

Considera que a aposta na criação de marcas próprias é imperativa para o sucesso?

 
Sem dúvida. A marca própria distingue-nos e posiciona-nos no devido segmento, assim como nos dá notoriedade no mercado.
 
 
 
 
GLADZ ...

Juntou-se a obsessão pelo design depurado e a paixão pelo detalhe perfeito. Em 2014 nasceu a Gladz. Inspirada na evolução do movimento feminista e na figura revolucionária de Simone de Beauvoir, a marca de calçado responde aos desejos de afirmação, sofisticação e distinção da mulher contemporânea.

Posicionando-se como uma alternativa inteligente, a Gladz respira a energia das grandes marcas de design. Com foco na combinação de materiais luxuosos e texturas inesperadas, propõe um produto feminino e intemporal, que se distingue pela qualidade exímia e pela elegância eclética.

A marca esteve, pela primeira vez, em 2015, em feiras internacionais como a MICAM (Itália) e a GDS (Alemanha), sendo que a internacionalização alicerçada na diversificação e inovação do produto continuará a ser a base da estratégia de consolidação e crescimento da empresa.

 
Sobre o projeto "Dinamização e projeção da Marca GLADZ nos mercados internacionais" ...
 
Um dos principais objetivos estratégicos de Portugal é a afirmação internacional como criador e produtor de excelência na Moda e o projeto supra enquadra-se nesta linha de atuação, na medida em que visa reforçar o posicionamento nos mercados internacionais, através da penetração em segmentos de mercado de elevado valor acrescentado, com a criação e desenvolvimento de novos produtos diferenciados, subindo claramente na cadeia de valor. A nova gama de produtos tem um elevado conteúdo de Moda e Design e é comercializada com a marca própria Gladz.
 
Grande parte da atividade da empresa centra-se na conceção e desenvolvimento de novos produtos cada vez mais inovadores, diferenciados e sofisticados, uma vertente que a empresa perspetiva desenvolver no âmbito deste projeto. A par disso serão implementadas ações concertadas de promoção e marketing internacional que potenciem o crescimento das exportações e o reforço do posicionamento nos mercados internacionais. 
 

Quais são os maiores desafios para a sua empresa?

 
Aceitar projetos que nos estimulem à procura, que nos proponham correr atrás de maiores desafios, fazendo com que tenhamos de adquirir os mais avançados e recentes conhecimentos e novas técnicas, pois isso também nos permite estar mais atualizados. 
 
 
O objetivo será aumentar sustentadamente a notoriedade da marca Gladz e torná-la cada vez mais valiosa no mercado global.
 
 

Qual o papel dos instrumentos do COMPETE 2020 para a concretização da vossa estratégia?

 
Uma ajuda preciosa para nos podermos lançar no mercado. É também um incentivo que nos dá mais segurança em cada aposta feita, pois permite-nos não ter de comprometer a 100% o normal funcionamento da empresa. 
 
 
O projeto prevê a criação de 7 Postos de Trabalho.
 
 
Apoio do COMPETE 2020
 
Apoiado pelo COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME, o projeto de “Dinamização e projeção da Marca GLADZ nos mercados internacionais” envolveu um investimento elegível FEDER de 199 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de 89 mil euros.
 
 
 
 
Links

 

03/10/2017 , Por Cátia Silva Pinto
Portugal 2020
COMPETE 2020
Europa