Help2care: O projeto que visa apoiar no autocuidado de utentes e cuidadores

Interdisciplinar, colaborativo, multiregional e de investigação baseada na prática, este projeto visa criar um modelo de capacitação dos cuidadores e da pessoa dependente para o autocuidado e capacitar os profissionais de saúde para a sua utilização. Irá incluir um manual para o cuidador (papel, áudio e formato digital) com texto e imagens acessíveis, um website, uma app e um guião para ser utilizado pelos profissionais de saúde.
 
 
1. Síntese
 
A elevada taxa de readmissões e recorrência de utentes dependentes no autocuidado reportada pelas instituições de saúde está associada a preparação inadequada para o autocuidado do utente e cuidador antes da alta hospitalar, inadequada monitorização e apoio ao cuidador/utente e a inadequada comunicação entre os profissionais de saúde do hospital e cuidados de saúde primários. Baseado nesta necessidade surge este projeto interdisciplinar, multiregional, colaborativo de aprendizagem e investigação baseada na prática, envolvendo estudantes, docentes e stakeholders, tendo como principais objetivos desenvolver um modelo de capacitação de cuidadores e utentes para o autocuidado e capacitar profissionais de saúde para a sua utilização. Este modelo incluirá um manual para apoiar o cuidador, plataforma digital (website e app) e o manual (guião) com o modelo de capacitação dos cuidadores/utentes para ser utilizado pelos profissionais de saúde. Este está estruturado em 11 atividades interrelacionadas. Pretende-se dotar os stakeholders institucionais com um modelo de capacitação de utentes e cuidadores que incluirá manuais e plataformas digitais que otimizam o autocuidado e a prevenção em saúde integrando as redes de cuidados formais e informais.
 
 
 

Em declarações ao COMPETE 2020, Maria dos Anjos Coelho Rodrigues Dixe, Investigadora Principal salienta a mais-valia do financiamento comunitário.

 
“O financiamento atribuído ao projeto Help2care é de importância crucial para a execução do mesmo, nomeadamente para a realização das missões para o desenvolvimento da plataforma Web e de outras atividades incluindo ações de disseminação do projeto e dos seus resultados junto dos stakeholders, profissionais de saúde, pessoas dependentes e seus cuidadores informais de forma a poderem ser atingidos os objetivos e indicadores previstos.

 

 
A concretização deste projeto trará implicações para a prática, para a investigação e para o envolvimento do cidadão no desenvolvimento das respostas integradas em saúde, nomeadamente:
 
a) No exercício de suas competências, os profissionais de saúde devem trabalhar em equipa interdisciplinar. Durante este projeto, os estudantes das várias áreas irão treinar essas competências em contexto acadêmico, promovendo as competências para trabalhar em equipa no contexto profissional;
 
b) Os stakeholders, incluindo cuidadores e profissionais de saúde são envolvidos na co-construção do modelo de capacitação e dos materiais que lhe servem de apoio, assegurando a participação do cidadão no desenvolvimento de soluções de capacitação centradas nas suas necessidades;
 
c) Após a capacitação dos profissionais de saúde para que possam utilizar este modelo, espera-se: a diminuição das complicações de saúde associadas à educação/formação/treino inadequado das pessoas dependentes e seus cuidadores informais; melhoria da sua qualidade de vida e ganhos económicos. Agregará valor económico, pois o produto final da plataforma de comunicação entre cuidadores informais e profissionais, bem como os recursos disponíveis contribuirão para diminuir a recorrência aos serviços de saúde. 
 
 
2. Sobre o projeto Help2care: Apoiar no autocuidado de utentes e cuidadores
 
2.1 Enquadramento 
 
A elevada taxa de readmissões e recorrência aos serviços de urgência por parte de utentes dependentes no autocuidado está frequentemente associada a vários fatores incluindo a preparação inadequada para o autocuidado do utente e cuidador antes da alta hospitalar, inadequada monitorização e apoio ao cuidador /pessoa dependente após a alta hospitalar e à inadequada comunicação entre os profissionais de saúde dos cuidados de saúde diferenciados e cuidados de saúde primários.
 
 
2.2 Objetivos
 
Com os objetivos gerais de desenvolver um modelo de capacitação de cuidadores e pessoa dependente para o autocuidado e capacitar profissionais de saúde para a sua utilização surge o Help2Care - Projeto interdisciplinar, multiregional, colaborativo de aprendizagem e investigação-ação baseada na prática, envolvendo estudantes, docentes e stakeholders.
 
Equipas interdisciplinares que incluem investigadores, profissionais, cuidadores e estudantes de licenciatura da área da saúde (Dietética, Enfermagem, Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala), das Ciências da Informação em Saúde; do Curso Profissional de Ilustração e Produção Gráfica; do Mestrado em Comunicação Acessível; do Mestrado em Enfermagem à Pessoa em Situação Critica e de informática desenvolvem os materiais e a plataforma digital de apoio ao modelo de capacitação.
 
 
2.3 Resultados esperados
 
A) Modelo de capacitação de utentes e cuidadores que incluirá :
> Manual de apoio ao cuidador (papel, áudio e formato digital);
> Vídeos demonstrativos das técnicas e procedimentos a adotar pelos cuidadores informais; 
> Plataforma web que inclui: área no back-office para profissionais de saúde para apoiar o cuidador informal no autocuidado; portal de acesso público e uma aplicação móvel (app) para apoiar o cuidador e / pessoa dependente no autocuidado; 
> Através da área do back-office os profissionais de saúde poderão gerir as necessidades e a formação dos cuidadores informais e apoiarem as pessoas dependentes no autocuidado 
> Manual com o modelo de capacitação a ser utilizado pelos profissionais de saúde 
 
B) Divulgação junto da comunidade científica e comunidade em geral dos princípios do modelo de capacitação, da produção científica e dos materiais. 
 
 
4. Apoio do COMPETE 2020
 
4.1 Sistema de Incentivos 
 
O projeto “Help2care- Apoiar no autocuidado de utentes e cuidador” conta com o cofinanciamento do COMPETE 2020 no âmbito do SAICT - Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica envolvendo um investimento elegível de cerca de 149 mil euros, o que resultou num incentivo FEDER de 126 mil euros. Este projeto tem a duração de 18 meses.
 
4.2 Consórcio
 
O Help2care apresenta-se como um projeto mobilizador estratégico de investigação científica e tecnológico liderado pelo Instituto Politécnico de Leiria. e copromovido pelas seguintes entidades: Instituto Politécnico de Santarém, Instituto Politécnico de Castelo Branco e o Centro Hospitalar de Leiria
 
 
5. Links úteis
 

04/07/2018 , Por Cátia Silva Pinto
Portugal 2020
COMPETE 2020
Europa