Notícias
SATEX - Smart Automotive Textile

Enquadramento

A Borgstena Textile Portugal, BTP, empresa multinacional, sediada em Nelas, atua no desenvolvimento, produção e comercialização de produtos têxteis para o setor automóvel. Apresenta capacidade técnica para produzir tecidos, malha circular, malha teia, e ainda em personalizar o seu produto consoante as necessidades do cliente. A BTP é uma unidade de referência no ramo têxtil automóvel, dispondo de equipamento de última geração em todas as áreas e a capacidade de produzir, num só local, desde a extrusão de fio até a confeção completa de capas. Como seus principais clientes destacam-se a Volvo Cars e Volvo Trucks, Scania, Daf, Man Grupo VW, , Hyundai, KIA entre outras. Pertence ao grupo Borgstena juntamente com outras unidades operacionais localizadas na República Checa, Roménia, Brasil, e China, possuindo ainda diversas joint-ventures na Europa e Ásia.

O Projeto

O projeto SATEX -Smart Automotive Textile applied on door panel and headliner, pretende compilar a componente têxtil produzida pela empresa, com as mais recentes tecnologias de sensorização e iluminação, associando-a à funcionalidade e a um design irreverente, procurando criar produtos diferenciadores, inovadores e de elevado valor no mercado. A BTP pretende atuar em duas zonas principais do interior do automóvel, o painel de porta e o teto.

O projeto SATEX contempla três tipos de iluminação que serão integrados no painel de porta e teto com diferentes métodos de integração. Os tipos de iluminação serão iluminação OLED, fios/filmes Eletroluminescente, LED e ainda a integração de estruturas de fibra ótica diretamente integrados para diferentes efeitos de luz. Estas tecnologias possuem atualmente diferentes TRLs (Technology Readiness Levels), sendo espectável que no final do projeto possuam TRL mais avançados, mas em níveis diferentes. Pretende-se ainda que os sistemas de iluminação integrada apresentem caráter decorativo, informativo e funcional, podendo ocorrer a possibilidade de este sistema em determinadas aplicações se associar à componente de sensorização que será igualmente desenvolvida no âmbito do projeto.

No projeto SATEX são evidenciadas várias linhas de I&D, tais como os processos de tecelagem, tricotagem, impressão, integração automática e desenvolvimento dos dispositivos de iluminação (LED, OLED, EL e integração de fibra ótica). Referente as estas linhas de I&D, os dispositivos eletroluminescentes possuem um nível de TRL superior pelo que serão estudadas as limitações geométricas, limitações físicas, eficiência energética, adesão, envelhecimento e fiabilidade.

Alguns exemplos possíveis de aplicações poderão passar pela iluminação do teto da viatura aquando abertura de portas/vidros, tanto na totalidade do teto ou apenas na zona em que porta/vidro foi aberto; ter a possibilidade de optar por duas tonalidades de iluminação: luz branca (considerada uma tonalidade mais ativa) luz azul (tonalidade mais tranquilizante); possibilidade de indicação por efeito luminoso da colocação do cinto de segurança por cada passageiro; o sistema de iluminação do carro poder ser ativado pelos passageiros através de sensor de aproximação colocado no teto.

Para o painel de porta, um dos objetivos do projeto é substituir os botões físicos, por soluções de sensorização completamente inovadoras e integradas no substrato têxtil, sendo uma mais valia tendo em conta aspetos de design, desgaste, sujidade e funcionalidade. É ainda potenciada a integração da iluminação tanto para decoração e conforto do utilizador, como para feedback da utilização de comandos como por exemplo, abrir e fechar vidros ou portas.

Em declarações ao COMPETE 2020, Guilherme Paixão, Research & Development Manager da Borgstena, comemta a importância do apoio COMPETE 2020 para o desenvolvimento do projeto SATEX.

 

 

‘O apoio do COMPETE 2020 tornou-se o instrumento alavancador para o desenvolvimento do projeto SATEX, projeto este de relevante importância estratégica para a empresa Borgstena para fomentar o processo de inovação na empresa e potenciar o desenvolvimento e incorporação de produtos altamente diferenciadores e de elevado valor acrescentado para o mercado da indústria automóvel.’

Apoio COMPETE2 2020

O projeto conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico, envolvendo um investimento elegível de 512 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de cerca de 303 mil euros.

03/04/2018 , Por Miguel Freitas
Portugal 2020
COMPETE 2020
Europa