Slimframe: uma fachada sustentável inovadora

Sabia que o COMPETE 2020 está a apoiar um projeto que visa criar um kit de fachada sustentável assente num sistema modular com características térmicas e energéticas otimizadas, ajustada aos requisitos técnicos e climáticos do espaço europeu?

Síntese

Dá pelo nome de “Slimframe PV & Cork Skin” e visa desenvolver uma solução tipo kit de fachada sustentável assente num sistema modular com capacidade de acumular múltiplas funções e apresentar múltiplas configurações, integrando isolamento térmico em cortiça (ICB) e vidro fotovoltaico (PV) fixo por mecanismos inovadores. 

Assim, neste projeto serão alvo de desenvolvimento mecanismos de fixação do vidro ao elemento de suporte (parede) que garantam a ausência de perfis de caixilharia, contribuindo para a estética final da fachada (slimframe).  Desta forma fica assegurado, pelo conhecimento e capacidade instalada da empresa promotora (Silva & Ventura, Lda.), que este sistema de fixação atinja um grau de sofisticação e inovação acima do estado de arte, com vantagens de integração arquitetónica e técnica: medidas pelo nível de ocultação dos seus elementos e cablagens do PV e pelo desempenho físico (térmico, estanqueidade, mecânico).

Pretende-se que este sistema de fachada confira, simultaneamente, características de isolamento com baixo impacto ambiental e de aproveitamento de energia solar. 

> Principal objetivo

Desenvolvimento de uma solução de fachada multifuncional com características térmicas e energéticas otimizadas, ajustada aos requisitos técnicos e climáticos de diferentes localizações no espaço europeu. 

> Atributos

O sistema terá como principais atributos: 

(1) o uso de vidro PVcom recurso à tecnologia de silício amorfo (vantajoso pelo captação eficiente da energia); 

(2) o aproveitamento do ar que circula na caixa-de-ar entre o vidro PV e a camada de isolamento ICB para benefício da qualidade do ar e conforto higrotérmico no interior do edifício, bem como para a redução das necessidades energéticas de climatização (sistema passivo de aquecimento e arrefecimento do ambiente interior); 

(3) a utilização de uma interface de fixação oculta do vidro PV ao suporte (paramento) com corte térmico e com a capacidade de ocultar as cablagens do sistema fotovoltaico; 

(4) a aplicação de isolamento térmico 100% natural e reciclável, com desenho e corte 3D parametrizado e personalizável, que otimiza o desempenho térmico integral e incorpora uma estética inovadora; 

(5) a flexibilidade inerente a um sistema que pode apresentar módulos com configurações distintas conforme a aplicação desejada, podendo estes incorporar revestimento final de cortiça à vista, vidro ou vidro PV, e que pode ser aplicado tanto a construções novas como a ações de reabilitação.

> Atividades 

 A.1. Estudos preliminares e definição do sistema A.2. Desenvolvimento do mecanismo de fixação dos vidros A.3. Avaliação do desempenho global e otimização do sistema A.4. Campanha de validação experimental A.5. Disseminação de resultados e promoção

> Consórcio

O projeto é liderado pela empresa Silva & Ventura, Lda, em consórcio com a Amorim Isolamentos, S.A. e o ITeCons - Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Ciências da Construção e o parceiro Onyx Solar Energy.

Apoio do COMPETE 2020

Apoiado pelo COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Incentivos à I&DT,  na vertente de co-promoção, o projeto “Slimframe PV & Cork Skin” envolveu um investimento elegível de 434 mil euros e um incentivo FEDER de cerca de 290 mil euros. 

Para Hélder Silva, Partner – CEO da Silva & Ventura, Lda., o apoio do Programa Compete 2020 “está a permitir à empresa desenvolver soluções inovadoras, com apoio em áreas específicas, fazendo com que haja um crescimento sustentado e continue a posicionar-se no mercado internacional.”

 

Links

Website do projeto | https://s-vitech.com/svitech/home-4-2/si-projectsi-projecto/slimframe-pv-cork-skin/

Website da Silva & Ventura, Lda. | https://s-vitech.com/2016/05/16/silva-ventura-lda-empresa-aplauso-2016-millennium-bcp/

28/04/2017 , Por Cátia Silva Pinto
Portugal 2020
COMPETE 2020
FEEI