Adequar uma resposta face aos objetivos estratégicos e específicos definidos para o       COMPETE 2020 mobilizará um conjunto diversificado de instrumentos de política pública, incluindo:

  • Incentivos diretos ao investimento empresarial

Sobretudo em I&I e qualificação de PME, primordialmente focalizados em estratégias de internacionalização;

  • Apoios indiretos ao investimento empresarial

Promovendo a capacitação e colaboração das empresas;

  • Apoios à produção e difusão de conhecimento científico e tecnológico

Reforçando quer as ligações internacionais do Sistema Nacional de I&I, quer o desenvolvimento das ligações, bem como de sinergias e de mecanismos eficazes de transferência de conhecimento e tecnologia, entre empresas, centros de I&D e o ensino superior;

  • Apoios à formação empresarial

No sentido de capacitar os recursos humanos das empresas para os processos de inovação e internacionalização;

  • Investimentos em infraestruturas de transporte

Centrados na redução do tempo e custo de transporte para as empresas, sobretudo no âmbito da conectividade internacional;

  • Apoios à modernização administrativa

Visando a redução dos custos públicos de contexto;

  • Capacitação dos serviços e dos trabalhadores em funções públicas

Promovendo uma Administração Pública mais eficiente.

 

Princípios orientadores da atuação do COMPETE 2020

  1. Mais coordenação e concertação entre instrumentos e entre entidades do PORTUGAL 2020; 
  2. Maior focalização dos apoios

  3. Maior coerência, equidade e previsibilidade dos apoios – o papel dos concursos

  4. Simplificação e redução dos encargos administrativos para os beneficiários 

  5. Maior proatividade das agências e mais acompanhamento dos projetos

 

15/03/2015 , Por COMPETE 2020